SAP se rende a geração “Y” e quebra paradigmas estabelecidos há décadas

Com 43 anos de história e uma média de idade de seus funcionários de cerca de 40 anos a SAP se rende a gerção “Y” e inicia um programa para se tornar um lugar de trabalho mais atraente para os jovens.
“Queremos fazer com que os jovens se inspirem em nós” expõe a empresa que emprega mais de 74.000 pessoas com uma fama de preferir funcionários experientes.

Mudando os rumos a empresa já contratou 1.700 funcionários “Y” em sua sede em Walldorf, na Alemanha, com novo perfil de recém-formados ou pessoas que trabalham no setor há apenas um par de anos.

A concorrência pelos melhores programadores e gerentes de desenvolvimento de software tem se intensificado, levando o presidente juntamente com os fundadores da SAP a defender que estudantes e funcionários jovens sejam contratados pela empresa.
Baseando nos novos planos, criaram o Instituto Hasso Plattner, uma universidade de Ciências da Computação em Potsdam, perto de Berlim.
É outro mundo para a “A SAP” com toda sua tradição, mas tem que se adaptar ao mercado.

Fonte: https://www.infomoney.com.br/bloomberg/tecnologia/noticia/4300160/sap-atrai-codificadores-geracao-para-derrubar-percepcoes-estabelecidas-decadas

Nenhum comentário ainda.

Leave a Reply